sexta 14 junho 2019

Sem América, FSF realizou congresso técnico na tarde de ontem
Início será em 24/08 e clubes têm até 03/07 para pedir desistência.



   Dos dezoito inscritos para a Série A2 do Campeonato Sergipano 2019, dezesseis participaram do congresso técnico realizado ontem pela Federação Sergipana de Futebol. Amadense, América de Pedrinhas, Aracaju, Atlético Gloriense, Barra, Boquinhense, Botafogo, Canindé, Coritiba, Estanciano, Força Jovem, Propriá, Rosário, Santa Cruz, Socorrense e Socorro enviaram representantes. As ausências ficaram por conta de América de Propriá e Maruinense.

   O Campeonato deverá iniciar em 24 de agosto e se estender até 26 de outubro.

 

   FÓRMULA DA COMPETIÇÃO

   O presidente da FSF, Milton Dantas, propôs duas fórmulas para a fase incial: dois grupos com 9 equipes ou 2 com 4 e 2 com 5; por unanimidade, os presentes optaram pela primeira opção. Assim, os clubes foram divididos da seguinte forma:

GRUPO A

Aracaju

Barra

Socorro

Socorrense

América de pedrinhas

Boquinhense

Botafogo

Estanciano

Amadense

 

GRUPO B

 

Canindé

Atlético Gloriense

Coritiba

Propriá

América

Força Jovem

Maruinense

Rosário

Santa Cruz

 

  •    Na primeira fase os clubes deverão se enfrentar em jogos apenas de ida e os 4 melhores de cada grupo se classificam para as quartas de final;
  •    As fases seguintes (quartas, semi e final) são em regime de “mata-mata” e com apenas um jogo, sendo que os times de melhor campanha têm a vantagem de jogar em seu estádio, com exceção da final, que deverá ser disputada, também em jogo único, mas no Batistão, em Aracaju. Em caso de empate a decisão vai para os pênaltis;
  •    Nas quartas, há um cruzamento entre os grupos, de modo que o 1º de um grupo enfrenta o 4º do outro grupo e o 2º de um grupo enfrenta o 3º do outro;
  •    Os vencedores das quartas se classificam para as semifinais e, obviamente, os vencedores das semifinais chegam à grande final;
  •    O vencedor da final garante vaga para a Série A1 2020 e uma premiação de R$ 10.000,00.

 

   A INSCRIÇÃO DOS JOGADORES

   A competição continuará com caráter Sub-23, mas traz uma novidade: os clubes não há limite de inscrição para jogadores com idade acima dos 23, porém, em cada jogo, apenas 3 (com idade superior a 23) poderão entrar em campo.

 

   PRAZO PARA DESISTÊNCIA

   Apesar da inscrição, o América de Propriá ainda não confirmou sua participação na competição. A ausência do clube na reunião de ontem pode indicar grandes chances de uma possível desistência. Para tal, a federação estabeleceu um prazo até o dia 3 de julho para os clubes pedirem dispensa da competição.

 

   FILIAÇÃO À FEDERAÇÃO

   O  caso do Atlético Gloriense é ainda mais delicado: o clube já está alguns anos desligado da FSF. Segundo Reginaldo Gouveia, porta-voz da FSF, para poder participar da Série A2, o time de Nossa Senhora da Glória deverá pagar à CBF uma taxa de R$ 2.500,00 por cada ano em que esteve afastado, além das taxas que deveriam ser pagas à federação estadual.

 

   A VISTORIA DOS ESTÁDIOS

   A participação dos clubes ainda dependem da vistoria dos estádios. Segundo o presidente do América, Anselmo Vieira, o Durval Feitosa já foi vistoriado e precisa de apenas alguns reparos. O estádio que pertence ao Tricolor da Ribeirinha deverá receber jogos do América, claro, e do seu arquirrival, o Propriá, que anteriormente havia se inscrito para jogar em Neopólis mas, ainda segundo Anselmo, o Avoengo voltou atrás e mandará suas partidas em Propriá.


Parceiros

Redes Sociais


Copyright 2013 América F.C. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Tharlysson B. & Gabriel L.