sexta 29 abril 2016

Relembre a Campanha do América no Sergipão 2007
Relembre as emoções daquele campeonato!



  Há exatamente 9 anos, o América se tornou campeão do Sergipão de 2007. Para relembrar aquela belíssima conquista, separamos um compacto com dados da competição. Confira!

 

Campeonato Sergipano de 2007

 

  O Campeonato Sergipano de 2007 contou com 10 equipes: Amadense, América (campeão da série A2 de 2006), Confiança, Guarany, Itabaiana, Lagartense, Olímpico, Pirambu (campeão sergipano de 2006), São Cristóvão (vice-campeão da série A2 de 2006) e Sergipe. Na primeira fase os times se enfrentariam em turno e returno. Os dois piores colocados seriam rebaixados para a série A2 e os 4 primeiros colocados passariam para o quadrangular final onde se enfrentariam mais uma vez em turno e returno; o melhor da primeira fase entraria com 2 pontos e o segundo melhor com 1 ponto. A equipe que obtivesse mais pontos ao final do quadrangular, seria campeã.

 

 A campanha do América

 

 

   O América havia sido campeão da série A2 do estadual e chegou com moral à divisão de elite do Sergipão e trazia um time misto entre jogadores propriaenses e alguns outros ainda desconhecidos pelo público sergipano. A estreia foi contra o Confiança, no Batistão. Primeiro jogo, primeira derrota. 1x0 para a equipe da capital. A sequência dos 5 primeiros jogos renderam ao time uma soma de 6 pontos, mas a goleada de 3x0 que tomou do Guarany culminou na saída do técnico Cacau.

   O novo treinador foi o experiente Ribeiro Neto que colecionava 6 estaduais em passagens por Confiança e Sergipe. Foi justamente neste último que ele iniciou o Sergipano de 2007, mas após um desentendimento com a diretoria, saiu do vermelhinho e foi convidado por Isaías Silva e Joaquim Feitosa para assumir o comando do Tricolor da Ribeirinha.

   O primeiro jogo de Ribeiro foi no Durval Feitosa, contra o Pirambu, que havia sido campeão em 2006. E o placar foi o mesmo do início ao fim da partida: 0x0.

 

 

   A segunda partida de Ribeiro Neto a frente do América foi o que viraria um marco do time naquele ano: derrotar o Sergipe. Foi o primeiro jogo contra o vermelhinho naquele ano. Era 11 de fevereiro, um domingo e o estádio estava lotado. O colorado abriu o marcador e terminou o primeiro tempo a frente. Na volta, o América esteve com todo gás e virou para 2x1, chegando aos 10 pontos.

   Depois disso, na primeira fase, o Tricolor só perdeu mais uma vez: 1x0 para o São Cristóvão e terminou esta primeira etapa com 9 vitórias, 5 empates e 4 derrotas, somando 32 pontos, 3 atrás do Confiança, que tinha a melhor campanha, e 2 a frente de Sergipe e Itabaiana.

   Lagartense e Amadense fizeram 18 e 11 pontos, respectivamente. Foram as duas piores campanhas ao término da 18ª fase e os dois foram rebaixados.

 

   Na primeira rodada da fase final, um duelo de tricolores no dia 11 de abril de 2007, uma quinta-feira no estádio Durval Feitosa e a primeira polêmica: apesar do empate em 0x0, a torcida ribeirinha saiu na bronca com o árbitro Antônio Hora Filho, que precisou sair de campo escoltado pela polícia.

   Nas duas rodadas seguintes, surpresa para a maioria dos torcedores sergipanos: uma vitória por 3x1 em cima do Sergipe e outra por 2x1 no Confiança, ambas no Batistão. Mas foi na quarta rodada que um banho de água gelada caiu em cima do time e dos torcedores americanos. O que poderia ser uma mão na taça virou uma derrota por 3x2 para o Dragão da capital em plena cidade ribeirinha.

   Na quinta rodada, a vitória por 2x1 sobre o Sergipe consolidou o grito de “1, 2, 3, o Sergipe é freguês!”, já que era o 4º duelo entre as duas equipes em 2007 e a quarta vitória do América.

 

   Na sexta e última rodada, apenas Confiança e América poderiam levantar a taça e ambos estavam com 11 pontos. O Dragão jogaria contra seu maior rival, o Sergipe, no Batistão. Já o América enfrentaria o Itabaiana no Médici.

A final

 

 

Local: Estádio Presidente Médici
Data e Horário
: 29/04/2007 às 16h.
Público e Renda
: 945 pagantes e R$ 4.780,00
Arbitragem
: Rogério Lima da Rocha
Assistentes
: Ivaney Alves Lima e José Carlos Vieira

Itabaiana: 1. Ari, 2.Fabiano, 3.Weuler. 4. Carlos André, 6. Ronaldo, 5. Celsinho (Paulinho), 7.Raulino, 8.Robinho, 9.Everton, 10.Janilson, 11.Diego. Téc.: Ferreira

América: 1.Milton, 2.Gian , 3. Sérgio Paulista, 4. Marcos Vinicius, 6.Mica, 5. Ednaldo, 7. Carlinhos, 8. Juninho, 10. Nenem (Warle), 9. Alan (Marcos Teles), 11. Adriano. Téc.: Ribeiro Neto.

 

   Com goleiro André Luiz doente, o América teve seu primeiro desfalque. Ribeiro Neto, então, teve que escalar Milton, que ainda não tinha participado de nenhum jogo, para defender a trave tricolor.

   Era um domingo, 29 de abril de 2007. Naquela tarde, 938 torcedores, quase todos americanos, estavam no Presidente Médici e viram, já aos 4 minutos, Robinho marcar para o time da casa. Pouco tempo depois, o goleiro Ari, do Itabaiana derrubou Adriano na área, o juiz marcou pênalti, Mica bateu e empatou. Enquanto isso, em Aracaju, Jajá marcava para o Sergipe e a combinação de resultados dava a taça ao América. No segundo tempo, mais precisamente aos 42 minutos, Rafael marcou mais um para o Sergipe e o jogo terminou em 2x0. Em Itabaiana, ao apito final, o placar ainda assinalava 1x1.

   Com 12 pontos no quadrangular, 1 a frente do Confiança, o América saiu de uma fila de 41 anos e  ficou com o título de campeão sergipano; o segundo em sua história.

 

 

   O Tricolor da Ribeirinha entrou em campo 24 vezes, venceu 12, empatou 7 e perdeu 5. Foram 32 gols marcados e 22 gols sofridos.

 

 

Artilheiro do time: Mica (7 gols)

 

O América marcou, em média, 1,33 gols por jogo e sofreu, também em média, 0,91 gol por jogo.

 

Maior score:

América 4x3 Lagartense -  4ª rodada - 21/01/2007 – Durval Feitosa

 

Menor score:

América 0x0 Pirambu – 6ª rodada – 08/02/2007 – Durval Feitosa

Olímpico 0x0 América – 8ª rodada – 24/02/2007 – Souzão

América 0x0 Confiança – 10ª rodada – 08/03/2007 – Durval Feitosa

Amadense 0x0 América – 11ª rodada – 11/02/2007 – Brejeirão

América 0x0 Itabaiana – 1ª rodada (quadrangular) – 11/04/2007 – Durval Feitosa

 

Melhor sequência: 3 vitórias seguidas (2 vezes, da 12ª à 14ª rodada e da 16ª à 18ª rodada)

Maior sequência invicto: 12 jogos (desde a 10ª rodada da 1ª fase até a 3ª rodada do quadrangular)

 

Quem mais tomou gols do América: Sergipe (8 gols)

Quem menos tomou gols do América: Pirambu (1 gol)

 

Quem mais fez gols no América: Confiança (5 gols)

Quem menos fez gols no América: Amadense e Olímpico (0 gols)

 

O Durval Feitosa

 

   No Durval Feitosa, o América jogou 12 partidas, venceu 8, empatou 3 e só perdeu 1. Marcou 20 gols em casa e tomou 9, que equivale a uma média de 1,67 gols por jogo enquanto jogava em casa. Se considerarmos todos os gols assinalados no Durval (29, no total), encontramos uma média de 2,42 gols por jogo.

 

Público Total: 12.034 pessoas

Média de Público: 1.002 pessoas

 

Renda total: R$ 55.827,50

Média de Renda: R$ 4.652,29

 

Maior público: 2000 pagantes com uma renda de R$ 9.150,00 na 4ª rodada do quadrangular, dia 22 de abril de 2007.

 

Equipes que mais marcaram gols no Durval Feitosa, além do América: Lagartense e Confiança (3 gols)

 

Curiosidades:

 

  1. O Sergipe perdeu todos os 4 jogos contra o América.
  2. O América só entrou na zona de classificação para o quadrangular na 16ª rodada, quando ganhou para o Sergipe por 1x0 no Batistão, chegou aos 26 pontos e foi para a 4ª colocação.
  3. O Tricolor assumiu a ponta da tabela já na 2ª rodada do quadrangular e permaneceu até a última.
  4. O jogador que mais recebeu cartões vermelhos no campeonato foi americano: Marcos Vinícius foi expulso 3 vezes.
  5. A equipe que mais venceu o América foi o Confiança (2 vezes). No resultado em confrontos diretos, o time azulino também foi melhor: venceu 2 vezes, perdeu 1 e empatou 1, marcou 5 gols, enquanto o Tricolor fez 4.
  6. Apenas o Confiança venceu o América no Durval.
  7. O time que mais empatou com o América foi o Itabaiana (3 vezes).
  8. Só o Pirambu não perdeu para o América. Foram dois jogos: 0x0 no Durval Feitosa e 1x1 no André Moura.
  9. Fora de casa o América só ganhou para o Lagartense (1 vez), Confiança (1 vez) e Sergipe (2 vezes).
  10. O maior público que o Durval Feitosa recebeu (2.000 pessoas na 4ª rodada do quadrangular) foi também a única vez que o América foi derrotado dentro de casa.
  11. .Confiança não venceu o Sergipe no Sergipão 2007. Foram 3 vitórias do Vermelhinho e 1 empate
  12. O Amadense era o último time a conseguir marcar gol. A primeira vez que a agremiação de Tobias Barreto balançou as redes adversárias foi na 4ª rodada, quando venceu o Confiança por 2x0 no Brejeirão.
  13. A primeira vez que o Guarany conseguiu marcar pontos foi na 5ª rodada, quando venceu o América por 3x0 no Caio Feitosa.
  14. Na sétima rodada caíram os dois últimos invictos: o Sergipe perdeu por 2x1 para o América e o Itabaiana perdeu de 5x4 para o Pirambu.
  15. Com uma rodada de antecedência, o Amadense já estava rebaixado e o Confiança classificado em 1º lugar para o G4.
  16. A maior média de público foi do Itabaiana: 2.287 torcedores por jogo.

 

Raio-X geral do Sergipão 2007

 

Jogos Realizados - 102

 

Gols Marcados - 259

Média de Gols - 2,53

Artilheiro - Luciano Baiano, 14 gols (Sergipe)

 

Maior Escore – São Cristóvão 7x1 Olímpico – 14ª rodada

Menor Escore - 0x0 (11 vezes)

 

Melhor Ataque - 36 Gols (Pirambu)

Pior Ataque - 9 Gols (Amadense)

Melhor Defesa - 19 Gols (São Cristóvão)

Pior Defesa - 32 Gols (Olímpico)

 

Público Total - 103.959

Renda Total - R$ 470.168,00

 

Média de Público - 1.019

Maior Público - Itabaiana x Confiança (3.529 pessoas)

Menor Público - Amadense x Guarany (45 pessoas)

 

Média de Renda - R$ 4.609,49

Maior Renda - R$ 16.582,50 (Itabaiana x Confiança)

Menor Renda - R$ 202,50 (Amadense x Guarany)

 

Cartões Amarelos -  635 (média: 6,22 por jogo)

Cartões Vermelhos - 75 (média: 0,73 por jogo)

Equipe que mais recebeu amarelos: Itabaiana (95 cartões)

Equipes que mais receberam vermelhos: América e Sergipe (11 cartões)

Equipe que menos recebeu amarelos - Olímpico (40 cartões)

Equipe que menos recebeu vermelhos: Guarany (3 cartões)

Atletas que mais receberam amarelos: Antônio Carlos do Itabaiana e Adson Alves da Silva do Confiança (10 cartões).

Atleta que mais recebeu vermelhos: Marcos Vinícius do América (3 cartões)

 

Equipe que compunha o América Campeão Sergipano em 2007

 

 

Elenco

Goleiros: Leonardo, André e Milton;

Laterais Direitos: Miguel e Pará;

Laterais Esquerdos: Mica, Warley e Edinho;

Zagueiros: Marcos Vinícius, Marcos Teles, Gean, Sérgio Paulista e Ednaldo;

Volantes: Josa, Juninho e Bossal;

Meias: Carlinhos, Jonilson, Ronaldo Recife, Neném e Bruno;

Atacantes: Adriano, Rony, Alan Dinamite, Hilton e Nilson

 

Comissão Técnica:

 Treinador: Ribeiro Neto;

Preparador Físico: Enovânio Messias;

Treinador de Goleiros: Marcelo Roberto;

Supervisor: Edmilson Santana;

Médico: Dr. José Feitosa;

Massagista: Cláudio.

 

Diretoria

 Presidente: Joaquim Prado Feitosa

Vice-presidente: Isaías Silva Aragão

Diretor de Futebol: Marcos Antonio Rolemberg

Secretário Antônio: Gonzaga da Silva

Tesoureiro: Edmilson Santana

Diretor de Marketing: Luciano Cardoso de Souza

Diretor Jurídico: Joaquim Prado Feitosa

Presidente do Conselho Deliberativo: Rivalfredo Torres

Presidente do Conselho Fiscal e Representante na FSF: Anselmo Vieira Ramos.

 

Tabela

 

 

 

Fontes: 

bolanaarea.com;

americafcse.xpg.uol.com.br;

fsf-se.com.br.


Parceiros

Redes Sociais


Copyright 2013 América F.C. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Tharlysson B. & Gabriel L.